História, Turismo e Beleza Arquitetônica

Contam que em 1858, Dom Pedro II, estimulado pela presença de duas baleias encalhadas na praia, levou a família para um piquenique no local. A população gostou e copiou a idéia durante muito tempo. Nascia o bairro do Leme, que tem uma “Baleia Encalhada”, escultura de Ângelo Venosa, artista paulista em berço carioca.

Mas, se a “Baleia Encalhada” está no Leme, o Grande Quadrado Vermelho e o Retângulo Vazado estão, respectivamente, na Avenida República do Paraguai e na Rua Luiz de Camões. São obras de Franz Weissmann, falecido em 2005.

O Passante é escultura de José Resende e está localizada no Largo da Carioca, enquanto o Chafariz de Grandjean de Montigny, antes no Centro da Cidade, está desde a construção da Avenida Presidente Vargas, na Praça Afonso Vizeu, no Alto da Boa Vista.

Estes monumentos, somados a inúmeros outros espalhados pela Cidade do Rio de Janeiro, formam um conjunto arquitetônico, que une história e beleza na composição de uma agenda de opções para o turista que visita a cidade. O agente de turismo, Alex Belchior resolveu organizar uma pesquisa sobre o tema e disponibilizar as informações no site Monumentos do Rio.

Ele abre o site explicando o roteiro de sua pesquisa: “Sem saber por onde começar, eu busquei o Arquivo da Cidade do Rio de Janeiro na Cidade Nova, perto da escola onde eu fazia o curso guia de turismo (…). Depois comecei a percorrer os sebos e livrarias para adquirir livros que fossem me ajudar a descobrir mais informações. São poucas as publicações (…). Resolvi organizar todo material e… Depois de muito trabalho, hoje no dia 20 de janeiro de 2010 nasce “O Portal dos Monumentos da Cidade do Rio de Janeiro”. Com isso concretizo o meu objetivo de criar o primeiro catálogo eletrônico dos monumentos do Rio de Janeiro.

O site não está de todo pronto, com espaços ainda em construção, mas mesmo incompleto como está, ele reproduz um trabalho de relevo, com informações, dados e fotos criados para orientar as pessoas que desejem conhecer um pouco mais do turismo histórico do Rio de Janeiro.

A coluna da jornalista Berenice Seara, no jornal Extra, comentou ontem a novidade, com a seguinte nota: “Na falta de um site mostrando fotos da parte histórica da cidade, o guia turístico Alex Belchior, especializado em roteiros para italianos, resolveu ele mesmo catalogar tudo na internet. Após 14 meses de pesquisa, Alex fotografou e expôs na internet um catálogo com vários monumentos da cidade”.

O fato é notícia também no site Diário do Rio.

Tags: , , , , , ,

Um comentário para “História, Turismo e Beleza Arquitetônica”

  1. Patrícia disse:

    Olá Alex, gostei da pesquisa sobre os monumentos do Rio e do clipe do Passante. Tentei acessar a página dos monumentos mas está reformulando… sou caRIOca, gosto de passear no Centro do Rio, conhecer melhor a minha cidade através da história e cultura. Quero conhecer ainda mais! Aguardo o site. Tudo de bom!

Deixe um comentário